Prefeitura revisa convênios
Prefeitura revisa convênios

As entidades sem fins lucrativos que atuam em parceria com a rede municipal de ensino de Jacundá estão passando por avaliação técnica realizada pela Prefeitura com a finalidade de ajustar algumas pendências. É o caso do Centro Comunitário de Jacundá, no Bairro Bela Vista, e o Centro Social e Educacional de Jacundá, no Bairro Aparecida. Juntas, as duas entidades atendem a 400 alunos.

O Centro Comunitário que atendia a 260 crianças e onde trabalhavam 30 servidores municipais teve o convênio cancelado pela Semed em decorrência da contenção de gastos determinada pelo executivo local. Segundo a secretária de Educação, Leila Barbosa, a escola Cristo Rei, localizada no mesmo bairro, tem condições de atender os estudantes provenientes dessa escola. O presidente da instituição, Ildo Matos, explica que a escola funciona desde 1996 e tem a 2ª melhor nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no município.

A creche do Centro Social e Educacional de Jacundá, que até o ano passado atendia 140 crianças, terá que passar por uma reforma para atender as exigências do sistema de ensino. Uma reunião realizada na tarde de quarta-feira (18) com o prefeito José Martins, secretária de Educação, dirigentes da entidade e pais de alunos selou um acordo para evitar o descredenciamento da instituição.

A entidade está documentada e com área determinada para a construção de um prédio próprio e seu idealizador, o vereador José Wilson, acredita que a instituição continuará de portas abertas. “Fiquei muito triste quando ouvi dizer que a creche seria fechada, mas iremos trabalhar para que isso não aconteça”. No entanto, a maior dificuldade é garantir recursos para custear a reforma no prédio antes que as aulas iniciem no próximo dia 13 de fevereiro.

O prefeito garantiu aos pais de alunos que seus filhos não ficarão fora da sala de aula. “Mas precisamos organizar as escolas para garantir segurança aos estudantes. E o nosso governo é para atender os mais pobres, aqueles que necessitam do poder público. A mudança já começou a acontecer”, garante.

Também participaram da reunião, a vereadora Marta Rocha e Raylane Pequena, os vereadores Daniel dos Estudantes e Charles Borges, a advogada da Semed, Raquel Almeida Mendonça.

 (Antonio Barroso freelancer)

 Fotos: Will Mota/Carajás Tudo de Bom

 



Caro usuário. Só serão liberados os comentários com nome e sobrenome, assim como o endereço de e-mail. O portal também não aceita xingamento, piadas e trocadilhos com nomes de pessoas ou caracteres ofensivos. Seja responsável ao opinar e a sua opinião terá mais valor.

LEIA TAMBÉM
Delator diz que Eike pagou propina a Cunha para receber investimentos do FGTS

Propina

Delator diz que Eike pagou propina a Cunha para receber investimentos do FGTS

Alexandre Margotto prestou as informações em depoimento de delação premiada; ele disse que Eike pagou propina também a Lúcio Funaro, operador de Cunha.

PF conclui inquérito e diz que Lula, Dilma e Mercadante atuaram para obstruir Justiça

Operação Lava Jato

PF conclui inquérito e diz que Lula, Dilma e Mercadante atuaram para obstruir Justiça

Relatório do inquérito foi enviado ao STF e aponta atuação para 'embaraçar' investigações da Lava Jato. Lula, Dilma e Mercadante negaram todas as acusações.

Lula declara que o PT já vem sendo destruído desde 2005

Partido

Lula declara que o PT já vem sendo destruído desde 2005

'O PT já foi mais do que atacado, ninguém nunca foi tão atacado neste país como o PT', disse o ex-presidente

GRUPO CORREIO
94 99135-0101
Envie seu conteúdo pelo WhatsApp do Correio news.
EDIÇÃO DIGITAL
Edição 3.083 de 21 e 23 de Janeiro de 2017